Ir para o conteúdo principal Pular para o rodapé

Hotelaria mantém margem para crescer

Download Report

No mais recente relatório da Colliers International, verifica-se que o mercado hoteleiro de Lisboa e Porto continua a crescer e a atrair interesse internacional. O aumento dos preços mitigou a ligeira correção na ocupação prevista para este ano, suportando uma subida no RevPAR das duas cidades.

Com mais um ano de crescimento, tem sido o ajuste na ocupação que preocupa os operadores, suscitando dúvidas o impacto dos novos quartos no mercado do Porto e/ou Lisboa. A Colliers estudou as diversas ramificações do problema e concluiu que Lisboa e Porto conservam potencial para acomodar mais quartos de hotel.

“A nossa conclusão não aponta para uma capacidade infinita de absorção de quartos de hotel. Porém, a análise do comportamento da procura e da oferta, as comparações internacionais e outros indicadores a montante e a jusante do mercado, permitem concluir que ambas as cidades mantêm margem de crescimento” refere Gustavo Castro, Diretor de Research da Colliers, em Portugal. “Naturalmente, o inerente acréscimo de concorrência e a internacionalização do mercado nas duas cidades, induzirá um processo de seleção mais rigoroso dos turistas e a criação de um produto turístico de maior qualidade e mais diferenciado” acrescenta Gustavo Castro.

No relatório deste ano, a Colliers dedicou alguma atenção ao Algarve, que sem experimentar um cenário de crescimento tão acentuado, mantém os preços a crescer, sem prejudicar a ocupação. E, também, no Algarve, há potencial de crescimento, sobretudo, com oportunidades por explorar (melhor), como o turismo de eventos desportivos ou o crescente turismo de saúde e bem-estar.


2019_Hotels

Hotelaria mantém margem para crescer

Download Report