Ir para o conteúdo principal Pular para o rodapé

Mercado de escritórios corporativos de São Paulo vive ciclo de recuperação

IMG_23B

Mercado de escritórios corporativos de São Paulo vive ciclo de recuperação

São Paulo, a taxa de vacância de escritórios comerciais de alto padrão caiu para 17%, no segundo trimestre, menor patamar em seis anos. A projeção para este ano é que o indicador chegará a 14%, confirmando o momento de recuperação do mercado. A vacância tem caído diante da combinação de escassez de nova oferta e crescimento gradativo da absorção líquida, ou seja, da diferença entre áreas contratadas e devolvidas. Os dados do 2T apontam ainda que  a absorção bruta de escritórios de alto padrão aumentou 28%, em São Paulo, em relação ao primeiro trimestre, fechando com 73 mil metros quadrados.

É característico do ciclo de recuperação, a escassez cada vez maior de espaços disponíveis para grandes ocupações, e crescimento gradativo do preço pedido de locação, sobretudo nas regiões já consolidadas.

 

ciclo_office

 

Faça o download do material completo