Ir para o conteúdo principal Pular para o rodapé

Conheça semelhanças e potencial do mercado de escritórios Latam

IMG_24B

Colliers International Brasil apresenta dados da taxa de vacância, preço médio pedido e inventário existente de offices classe A+/A

Um comparativo produzido pela Colliers International Brasil sobre escritórios de alto padrão nas principais cidades da América Latina, como São Paulo, Rio de Janeiro, Lima, Santiago, Bogotá, San Jose, Cidade do México, Cidade do Panamá e Buenos Aires revelou a dinâmica do mercado. O levantamento é baseado em informações referentes ao segundo trimestre de 2019, como inventário existente, taxa de vacância e preço médio pedido.

Em relação ao inventário existente nas cidades, o espaço dedicado a empreendimentos de escritórios classe A+/A e é liderado pela Cidade do México com 6.463 mil m². São Paulo fica segundo lugar, chegando aos 2.979 mil m². Já em terceiro lugar está Santiago com 2.440 mil m², seguido de Bogotá (2.031 mil m²), Buenos Aires (2.029 mil m²), Cidade do Panamá (1.839 mil  m²), Rio de Janeiro (1.671 mil m²), Lima (1.300 mil m²) e San Jose (1.034 mil m²).

No que diz respeito a vacância, o levantamento apresentou uma variação de 29 pontos percentuais entre a maior e a menor taxa.  A menor vacância foi encontrada na cidade de Santiago com índice de 4,5% e a maior foi na cidade do Rio de Janeiro com 33%. As demais cidades apresentaram os seguintes índices: Cidade do Panamá (23%), Lima (19,2), São Paulo (17%), Cidade do México (16,6%), Bogotá (10%), Buenos Aires (9%), e San Jose (8,75%).

Já sobre o preço médio pedido, analisadas as peculiaridades de cada um dos mercados e levados em consideração quesitos econômicos, sociais, de câmbio e afins, pode-se considerar que os valores são competitivos. Rio de janeiro tem uma média de preço de US$ 25/m²/mês, em segundo lugar estão Cidade do México e Buenos Aires com média de preço de US$ 24/m²/mês, enquanto que em São Paulo o valor é de US$ 22/m²/mês. Santiago tem uma média de preço de US$ 21/m²/mês. Em Bogotá e San José o preço médio pedido é de US$ 21m²/mês e no Cidade do Panamá a média é de US$ 19/,55 m²/mês. O preço mais acessível é encontrado em Lima com US$ 16 m²/mês.

Vacância São Paulo. A taxa de vacância nos escritórios paulistanos de alto padrão segue a tendência de queda em relação aos últimos trimestres e atinge o índice de 17%, dado alcançado somente em 2013. É o menor resultado nos últimos seis anos. Os dados revelam que as taxas mais baixas estão no Itaim Bibi (1%), JK (2%), Vila Olímpia (7%), Barra Funda e Faria Lima (ambas com 9%). Já os maiores índices são encontrados na Chácara Sto. Antônio (46%), Santo Amaro (43%) e Marginal Pinheiros (27%).

 

Fale com nossos especialistas